Manchetes

Lira destaca papel do Congresso na fiscalização das obras do São Francisco

lira230O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) destacou durante discurso proferido no Plenário do Senado a reinstalação, nesta semana, da comissão temporária para acompanhamento da transposição de águas do Rio São Francisco. Ele ressaltou a importância da atuação do Senado na fase final das obras, exercendo sua atribuição de fiscalização.

Na quarta-feira (15), Lira foi eleito presidente da comissão, que terá como relator o senador Humberto Costa (PT-PE). O senador paraibano citou números do empreendimento, que classificou como “monumental”: 622 km de obra linear, com construção de quatro túneis, 14 aquedutos, 9 estações de bombeamento e 27 reservatórios, com investimentos de R$ 8,2 bilhões.

Raimundo Lira lembrou ainda que a transposição deve garantir a segurança hídrica de pelo menos 12 milhões de pessoas, em 390 municípios do agreste e do sertão em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. “As polêmicas que cercaram a concepção e a execução do projeto se transformaram em uma crescente ansiedade pela sua rápida conclusão. O fato é que a chamada crise hídrica demonstrou cabalmente a urgência e a importância dessas obras”, disse Raimundo Lira.

Ramal Piancó – Como exemplo do impacto das obras na vida do nordestino, o senador mencionou a construção do sistema adutor do Piancó, na Paraíba. Segundo ele, a iniciativa é fundamental para garantir a capacidade de abastecimento do sistema de reservatórios Coremas-Mãe d’Água, que enfrenta dificuldades nos períodos de estiagem.

“A abertura do terceiro eixo de transposição do Vale do Piancó certamente impulsionará o desenvolvimento rural do interior do meu Estado, minorando os problemas regionais de abastecimento de água”, explicou. Confira o vídeo com o discurso completo do senador Raimundo Lira, destacando a proposta de integração do Rio São Francisco, no link: //youtu.be/-YO4018epqE.
ascom

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo