HOME_______________________________________________

Governador defende educação para reduzir desigualdades

O  governador Ricardo Coutinho apresentou, nesta terça-feira (13), as  potencialidades do Estado da Paraíba para novos investimentos para  executivos e empresários das principais empresas do país que  participaram do Fórum da Revista Exame Nordeste, evento realizado pela  Editora Abril, em Salvador (BA). Ao lado dos governadores Jacques Wagner  (Bahia) e Rosalba Chiarlini (Rio Grande do Norte), ele afirmou que o  país precisa de investimentos para viver um novo ciclo de  industrialização e desenvolvimento que diminua as desigualdades.

“Só  se diminui as desigualdades com investimentos na educação básica e  profissionalizante e na produção em logística, portos, estradas que  preparem os Estados para esse novo ciclo e que, ao mesmo tempo, retire  recursos das atividades meio dos Estados e coloque nas atividades fim.  Esse é o grande desafio, que é difícil, mas necessário para que essa  geração e a futura se estabeleçam num mundo tão competitivo”, defendeu.

Em  seu pronunciamento, Ricardo apresentou dados que demonstram que a  economia no Estado está em crescimento, a exemplo da indústria que tem  um incremento médio de 12% ao ano e com um acréscimo de 1.281 empresas  cadastradas na Receita em 2013. Também ressaltou a criação de 22,3 mil  novos empregos nos últimos 12 meses, o que representa uma taxa de  crescimento de 5,94%, a maior em termos proporcionais no país.

“O  mercado de consumo paraibano já dispõe de 637, 3 mil famílias das  classes B e C, o que representa 70% das famílias do Estado. Por outro  lado, temos o terceiro maior crescimento de vendas no comércio do país:  9,2% em 2013; e a segunda maior alta nominal no setor de serviços do  Nordeste em 2013, 11% a mais de receita no setor. Isso demonstra um  aumento do nosso potencial de consumo, que atingiu R$ 41,7 bilhões em  2013, um crescimento de 16,73%, que superou o índice nacional no mesmo  ano de 9,9%”, destacou Ricardo.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^