Prefeito anuncia projeto habitacional para construção de 3.500 casas

romero76_408Avaliando como extremamente positivo o resultado da viagem administrativa a Brasília feita esta semana, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou na manhã desta sexta-feira, 28, que conquistou o apoio do Ministério das Cidades para a construção de mais 3.500 casas populares.

Como o governo municipal já está desenvolvendo outros projetos, a exemplo da construção de mais de cinco mil casas no futuro Complexo Aluízio Campos, ele espera que, ao final do seu mandato, em dezembro de 2016, a população campinense tenha sido contemplada com a entrega de mais de dez mil unidades habitacional.

Segundo o gestor, o projeto de construção de mais três mil casas já recebeu apoio do ministro da Cidades, Gilberto Kassab.

“Estivemos, na companhia do deputado federal Rômulo Gouveia, reunidos com o ministro em Brasília, quando pedimos mais recursos para poder apresentar este novo projeto na área habitacional. O ministro, então, deu pleno aval à iniciativa, o que possibilitará a construção de novas moradias para o nosso povo”, disse.

Romero acrescentou que “ainda neste semestre, teremos o lançamento deste novo programa destinado ao setor habitacional, com o qual Campina Grande estará habilitada à construção de mais 3.500 casas. Com isso, em quatro anos, ou seja, entre 2013 a 2016, mais de dez mil unidades habitacionais estarão sendo construídas ou viabilizadas em nosso município”.

Para o prefeito, o atual governo municipal quebrou todos os recordes na história política de Campina Grande e da Paraíba na área habitacional, destacando que todas estas iniciativas serão plenamente concretizadas, pois, em Brasília, recebeu a garantia da liberação de recursos para obras como o Aluisio Campos.

Ele também tratou da liberação de recursos para obras de pavimentação em diversos bairros, como Conceição, Prata, Jardim Paulistano, Cruzeiro, Ramadinha, Catolé, José pinheiro, Cruzeiro e outras áreas da periferia.

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^