HOME_______________________________________________

Projeto de faixa exclusiva para ônibus em Campina

O projeto de mobilidade urbana que prevê a instalação de um corredor exclusivo de ônibus para a Avenida Floriano Peixoto deverá ser submetido a uma consulta pública. O projeto propõe a redução do canteiro central para instalação de mais uma pista em cada um dos sentidos da avenida, o que exigirá o replantio de 24 árvores.

Conforme explicou o secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre, a proposta foi apresentada ao Conselho Municipal do Meio Ambiente e discutida com o Ministério Público e o representante da Comissão do Meio Ambiente da Câmara Municipal. Todos sugeriram a realização de uma consulta pública, que deve acontecer ainda este mês.

As 24 árvores previstas para serem removidas serão transplantadas para a Avenida Manoel Tavares e para a própria Floriano Peixoto, nas proximidades do Hospital de Trauma. Além disso, novas árvores serão plantadas em outros trechos da avenida.

O projeto explica que a velocidade dos ônibus ao longo da Floriano Peixoto, mais precisamente no trecho entre o Açude Novo e o viaduto, encontra-se bastante comprometida, com média de apenas 5,3 Km/h, quase a mesma de uma pessoa caminhando. “É inconteste que a implantação da faixa exclusiva para ônibus vai garantir uma melhor fluidez.”, argumenta o projeto.

O Coordenador de Comunicação da PMCG, José Araújo, ressaltou que “não haverá cortes de árvores, mas, sim, replantio”. Araújo lembrou que, com o crescimento e o aumento expressivo do número de veículos, cidades do porte de Campina Grande passam a requerer intervenções efetivas em mobilidade urbana.

 “Se não fosse estritamente necessário e urgente, ninguém ia querer mexer no canteiro central e remover as árvores que ali estão, mas, existe uma necessidade urgente e a saída encontrada, tecnicamente, é essa”, comentou Araújo, lembrando o crescimento exponencial do número de veículos em circulação em Campina Grande.

“Ao final, o projeto resultará em benefícios ao meio ambiente, porque possibilitará maior fluidez do trânsito e menos emissão de poluentes. Ônibus articulados trafegarão em corredor exclusivo, transportando um maior número de passageiros em menor tempo. E, vale ressaltar mais uma vez, as árvores removidas serão replantadas”, completou o coordenador.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^