Câmara arquiva pedido de CPI para o Hospital da FAP

Proposta pelo vereador Alexandre do Sindicato (PROS), a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) para apurar o fechamento anunciado do setor de pediatria do Hospital da FAP não vingou. A Câmara Municipal de Campina Grande remeteu ao arquivo o pedido de instalação de da CPI.

A mesa diretora tomou por base um parecer da Procuradoria Jurídica do Legislativo, que sublinha a inexistência de “fato determinante” que justificasse a CPI. O provável fechamento da citada área foi entendido como uma medida administrativa, dentro da esfera de competência da Fundação, apesar de poder provocar consequências de natureza social.

A procuradora Cassimira Alves Vieira entende que a medida administrativa foge do raio de competência do Parlamento. Alexandre chegou a coletar 13 assinaturas favoráveis a instalação da CPI. No entanto, os líderes de bancada como João Dantas (PSD), Olímpio Oliveira (PMDB), e Murilo Galdino (PSB), se posicionaram contrários à CPI.
PB Agora

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^