HOME_______________________________________________

Especialistas e deputados divergem sobre tarifa de energia


O Brasil enfrenta um período de menor nível da história dos reservatórios de água que geram energia elétrica. As regiões Sudeste e Centro-Oeste são as que mais preocupam, por estarem com apenas 37% da capacidade. Para debater o problema, a comissão de Minas e Energia se reuniu pra ouvir especialistas do setor. Reginaldo Medeiros, presidente da Abraceel, descartou a possibilidade de apagão, mas afirmou que é preciso economizar energia porque o atual preço baixo está criando uma falsa ilusão no consumidor.

O deputado Davi Alcolumbre, do DEM do Amapá, concorda que a falta de chuvas prejudicou o setor elétrico. Mas para ele, o governo não deu atenção suficiente ao setor.

Já o deputado Geraldo Thadeu, do PSD de MG, não concorda com o aumento previsto para 2015. Ele disse que no ano que vem muitas concessões vão ser refeitas e o preço da energia pode até cair.

O deputado Fernando Ferro, do PT de Pernambuco, defendeu o governo, afirmando que a capacidade de geração de energia melhorou 43% nos últimos 13 anos. Mas para ele, é hora de investir em outras fontes, como as energias de biomassa e nuclear.

No momento há muitas incertezas para o setor elétrico. De um lado, a oposição diz que o governo está segurando o aumento do preço da energia apenas por ser um ano eleitoral. Eles acreditam que em 2015 a energia vai subir bastante. Do outro lado, o governo garante que a renovação das concessões no ano que vem vai garantir uma redução das tarifas. Para os especialistas, só no ano que vem é que vai ser possível saber como ficará a conta de energia do consumidor.
Agência Câmara

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^