Saúde

Saúde realiza capacitação para diagnóstico e tratamento da tuberculose

O Núcleo de Doenças Crônicas e Negligenciadas da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba, com o apoio Complexo Hospitalar Clementino Fraga, realizou, nessa terça-feira (14), uma capacitação sobre manejo clínico da tuberculose e coinfecção de tuberculose e HIV para profissionais da atenção básica do município de Bayeux. O objetivo é fortalecer as ações de vigilância, diagnóstico e tratamento na Atenção Primária à Saúde nos municípios que têm apresentado índices elevados da doença.

Segundo a médica Gerlania Simplício de Sousa, pneumologista do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, sintomas como  tosse seca por mais de três semanas, febre, cansaço e escarro de cor amarelo-esverdeada são alertas para a tuberculose. Em se tratando de pessoas vivendo com HIV, essa margem de atenção da observação da tosse diminui para duas semanas. “Nos últimos dois anos temos observado um aumento do número de casos associados de HVI e tuberculose e essa coinfecção é um desafio a ser enfrentado na erradicação da tuberculose”, pontua.

A chefe do Núcleo de Doença Crônicas e Negligenciadas, Anna Stella Pachá, detalha os dados que motivaram a ação. “Em 2021, a Paraíba registrou 1.283 novos casos de tuberculose. Nesse mesmo período, no município de Bayeux foram 50 casos novos da doença notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificações. É um número bastante relevante que gerou a necessidade de fortalecer as ações. Deste modo, estamos utilizando como critério de escolha municípios prioritários para a tuberculose que em 2021 apresentaram uma incidência elevada para a doença. Hoje, foram 44 profissionais entre médicos e enfermeiros qualificados em apenas um município”, afirma.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios