HOME_______________________________________________

Sessão discute benefícios da Psicanálise

Foi realizada, na tarde desta quinta-feira (18), uma sessão especial na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) para debater a Psicanálise e seus benefícios para a Capital paraibana. A sessão foi presidida pelo vereador Sérgio da Sac (PSL), em virtude da ausência do autor da propositura, Zezinho Botafogo (PSB), por motivos de saúde.

Conforme explanação do psicanalista Robson Pasteur, essa ciência tem como objetivo analisar os sentimentos, a cognição e o comportamento do ser humano, com a finalidade de ajudá-lo a compreender a si mesmo. “Atualmente, as pessoas vivem em uma solidão crônica, mesmo rodeadas de pessoas. É necessário conhecer o que o indivíduo tem interiormente, compreender seu comportamento, e esse é o papel da Psicanálise”, justificou Robson Pasteur.

O psicanalista falou das vantagens dessa abordagem terapêutica na prevenção do bullying e da violência nas escolas, como também dentro das famílias e nas ruas. Ele argumentou que, ao orientar e buscar meios para solucionar os problemas da juventude, também se estaria prevenindo o uso das drogas nessa parcela da população.

Ele ainda sugeriu a inserção desses profissionais em instituições da rede pública, como escolas, postos de saúde e hospitais. “João Pessoa tem despesas enormes com saúde, mas sabemos que grande parte das doenças tem causas psicossomáticas, ou seja, surgem na cabeça e se expressam no corpo. É a mente que precisa de ajuda, de uma boa conversa”, salientou.

O psicanalista também desmistificou a ideia de que esse tipo de tratamento é exclusivo para aqueles que dispõem de recursos financeiros: “Psicanálise não é coisa só para rico. Nós temos a intenção, por exemplo, de criar um dia de escuta no Ponto de Cem Réis, no centro da Capital, para ouvir as pessoas pobres que estão nas ruas, acolhendo-as e orientando-as”, revelou.

O vereador Sérgio da Sac elogiou a iniciativa de Zezinho Botafogo de trazer o tema à CMJP: “A sociedade pessoense ainda não percebeu que esse é um assunto muito importante para nossas vidas, e esse é um ótimo espaço para que se tome conhecimento disso”. Ele também elogiou a intenção de Robson Pasteur de promover um atendimento às pessoas no Ponto de Cem Réis: “A gente tem que ter o contato humano, mas, às vezes, se esquece de como o outro também precisa ser escutado”.

Também fizeram parte da sessão os psicanalistas Esmeralda Lyra de Brito e Diego Luís Xavier da Costa, bem como Ivanildo Oliveira, representando o vice-governador Rômulo Gouveia.

Érika Bruna Agripino

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^