HOME_______________________________________________

Vereadores defendem a contração dos policiais aprovados

A Câmara Municipal, atendendo solicitação do vereador Alexandre do Sindicato, realizou uma audiência pública, nesta quinta-feira, para discutir a contratação, por parte do governo do estado, dos aprovados no concurso da Policia Civil da Paraíba.  Das discussões participaram o representante da ASPOL, Júlio Cesar, o representante da Policia Militar, Sergio Rafael, o representante do Sindicato dos Comerciários, Pedro Medeiros; além do concursados de alguns municípios e os vereadores.

Na oportunidade o vereador Alexandre justificou a audiência ressaltando que, diante a escalada de violência instalada no estado não se justifica a não contratação de inúmeras pessoas que foram aprovados em concurso e já capacitados pelos próprio estado para o exercício dos cargos. Criticou ainda o governo pela falta de policiamento em todos os municípios, o que segundo o vereador vem contribuindo para o aumento da violência. Disse são cerca de mil policias que aguardam nomeação desde o ano de 2008.

O representante da ASPOL, Júlio Cesar destacou que segurança pública deve ser tratada pelos governantes com muito zelo para garantir a proteção da população. “A insegurança que se instalou no estado tem forçado a população a uma mudança de rotina tanto no tocante as obrigações rotineiras como nas atividades sociais”, disse. Ele ressaltou também, a falta de efetivo da PM em todas as localidades e reafirmou que  a nomeação desses concursado iria contribuir para melhorar a segurança no estado.

Também usaram a tribuna para defender a contratação imediata dos aprovados pra a Policia Civil, os vereadores Napoleão Maracajá, Miguel Rodrigues, Joseildo Alves (Galego do Leite), o representante da Associação dos Concursados da PM, Cassiano Pereira; o representante do Sindicato dos Comerciários, Pedro Medeiros entre outros.
CMCG

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^